terça-feira, 23 de outubro de 2018

Fica Comigo

Autor: Ayobámi Adébáyò
Edição: 2018/ outubro
Páginas: 288
ISBN: 9789898864437
Tradutor: R
Editora: Elsinore

Sinopse: 
Yejide e Akin estão casados desde os tempos de faculdade, onde se conheceram e apaixonaram. Agora, decorridos vários anos, Yejide espera por um milagre: uma criança. É o que o seu marido quer, e o que a sociedade espera dela - e, entre consultas de fertilidade, curandeiros e tisanas, Yejide tem feito tudo o que pode para consegui-lo. A família de Akin, no entanto, começa a dar sinais de impaciência, e quando sugerem ao jovem casal acolher em casa uma segunda esposa, mais jovem, os dois percebem que terão de encontrar uma solução rapidamente.

Percorrendo os anos turbulentos da Nigéria da década de 1980 até aos nossos dias, Fica Comigo é uma história sobre a fragilidade do amor conjugal e do colapso da família sob o peso exasperante da maternidade, bem como da contradição de valores que coexistem no interior de uma mesma sociedade.

A minha opinião: 
Surpreendentemente bom. Mesmo muito. De quando em quando, surge um romance, de que nada sabia e que me consegue arrebatar com uma personagem feminina tão forte e marcante, nada ofuscada pelo marido, igualmente impactante, numa história que nada tem de banal ou simples quando se trata da Nigéria na década de 80 e que vai até dias mais próximos. 

A pressão da maternidade numa sociedade que aceita a poligamia. Uma visão sábia e intima do drama do casal sem sentimentalismo e muita emoção. Perda. Traição. E redenção. E que história!!!

Bem pensada e bem contada. Daquelas que não se esquecem. Uma jovem escritora que se lançou com o seu primeiro romance. Uau!

Sem comentários:

Enviar um comentário