terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Ricochete

AutorSandra Brown
Edição: 2011, Setembro
Páginas: 466
ISBN9789898228642
Editora: Quinta Essência

Sinopse:
Quando o detetive Duncan Hatcher é chamado à mansão do juiz Cato Laird para investigar uma morte, compreende que a discrição é a chave para manter o seu emprego. Elise, a mulher-troféu do juiz, afirma ter matado a tiro um gatuno em legítima defesa, mas Duncan tem quase a certeza de que ela mente. A investigação que faz ao passado pouco suspeito de Elise convence-o de que ela é mentirosa, manipuladora e, mais do que provavelmente, uma assassina.
Mas quando Elise desaparece…
Sem saber em quem acreditar, Duncan vê-se envolvido na investigação de um homicídio que desafia a sua lógica, o seu infalível instinto e a sua inabalável integridade. Não confia em ninguém, exceto na palavra do criminoso que prometeu eliminá-lo.
E confia ainda menos na mulher que mais deseja.

A minha opinião:
Foi o primeiro livro de Sandra Brown que li. Fui possivelmente influenciada por boas criticas e alguma curiosidade.

No ínicio pareceu-me semelhante aos policiais de James Patterson com personagens carismáticas e uma trama com algumas reviravoltas surpreendentes no decorrer da investigação. Contudo, fui mudando de opinião porque o determinado detective Duncan utilizava uma linguagem um tanto rude e até ordinária quando interrogava a bela Elise, e não me recordo de tal no que li de Patterson.
Neste ponto da estória, achei um tanto rebuscado ou cliché, a poderosa atracção do detective Duncan por Elise. A sua parceira Dee-Dee era o "seu grilo falante" que exprimia o que ele reprimia.

Um romance bem construido, com todos os elementos para nos prender à leitura. Peca por me parecer um tanto extenso ao explorar determinadas situações ou por demasiados diálogos que pouco acrescentam, mas ainda assim é um livro que li avidamente.

Recomendo.

sábado, 17 de dezembro de 2011

O Sol da Minha Vida

Autor: Catherine Anderson
Edição: 2011, Outubro
Páginas: 384
ISBN: 9789892800585
Editora: Arcádia (uma chancela Babel)

Sinopse:
Quando Isaiah contratou Laura, não estava à espera de uma tão grande lufada de ar fresco. Impressionado pelo seu toque - e assombrado pela sua beleza - Isaiah apaixona-se. E move o Céu e a terra para lhe demonstrar que ela é a mulher que ele mais precisa - a única que conseguirá trazer o sol para a sua vida.

A minha opinião:
Um romance maravilhoso.

Catherine Anderson cria personagens fascinantes numa estória bem construida que nos prende da primeira à última pagina numa leitura absolutamente viciante. Li este romance com deleite.

Animais é um dos temas que me enternece e foram personagens secundárias nesta clinica veterinária com dedicados profissionais (excepção de um deles que é o mistério que desvendamos no fim) dos gémeos Coulter. O sol - Laura, uma personagem generosa e atenciosa que conquista os afectos de todos apesar das suas limitações intelectuais. E Isaiah. O ideal de homem de qualquer mulher. Másculo, atraente, inteligente e apaixonado pela profissão e pela familia.

A familia numerosa e ruidosa em que todos se estimavam e apoiavam. Alguns elementos desta familia acompanhei os seus romances em outos livros desta autora.

Um prazer de ler num dia frio de Inverno em que as emoções nos arrebatem e nos façam esquecer tudo o resto.

Feliz Natal

Escola: Os Piores Anos da Minha Vida

Autor: James Patterson
Ilustrações: Laura Park                                                                         Edição: 2011, Setembro
Páginas: 288
ISBN: 978-989-707-020-4
Editora: Booksmile 

Sinopse:
Quem diria... Um livro infantil deste fabuloso autor!

Rafe Khatchadorian já tem problemas suficientes em casa sem ter de meter a escola ao barulho. Felizmente, ele tem um plano perfeito para ter o melhor ano de sempre, isto é, se o conseguir levar para a frente. Vai tentar quebrar todas as regras do código de conduta da sua escola.
Mas quando o jogo começa a perder a piada, ele terá de decidir se ganhar é o mais importante, ou se está finalmente pronto para aceitar as regras, lidar com os provocadores e com as verdades que ele está sempre a evitar.

Faixa etária: A partir dos 11 anos

A minha opinião:
Giríssimo.
Aprecio particularmente este escritor. Assim não podia deixar de ler este livro indicado para jovens como os que tenho em casa.

Um livro maravilhoso que foca sobretudo as dificuldades de adaptação de um pré-adolescente no inicio de um novo período escolar numa nova escola, bem como a dinâmica familiar.
Criativo e inteligente, Rafe ficciona os professores e os colegas e partilha os seus esquemas e segredos com o seu silencioso amigo Leo e, excepcionalmente divide com um novo amigo - o leitor.
Essa empatia é um exclente elo de ligação inicial que o talentoso James Patterson cria com o jovem leitor à história. Outro, são as divertidíssimas imagens que ilustram muito bem a narrativa do Rafe e a própria estória que  é muito bem escrita e com algumas surpresas.

Uma recomendadíssima prenda para ler em férias de Natal.  Desenvolver o gosto pela leitura.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Um Dia

Autor: David Nicholls
Edição: 2011, Agosto
Páginas: 456
ISBN: 9789722631792
Editora: Civilização

Sinopse:
Podemos viver toda uma vida sem nos apercebermos de que aquilo que procuramos está mesmo à nossa frente.
15 de Julho de 1988. Emma e Dexter conhecem-se na noite em que acabam a universidade. No dia seguinte, terão de seguir caminhos diferentes.
Onde estarão daqui a um ano? E no ano depois desse? E em todos os anos que se seguirão?
Vinte Anos, Duas Pessoas, Um Dia.

A minha opinião:
No início, não foi fácil envolver-me com esta estória porque a achava pouco consistente. Dexter e Emma, pareciam-me um tanto confusos e o seu relacionamento casual. Algo os atraía e algo os afastava. Expectativas e objectivos de vida diferentes, mas em que procuravam sempre o apoio e o "colo" um do outro nos momentos mais difíceis ou mais importantes.
Emma com seu espírito critico e sentido de humor acutilante e pertinente foi-me conquistando e persisti na leitura.

Depois, as suas histórias de vida evoluem e, enquanto ele se deslumbra num sucesso vazio e ilusório, ela vive uma relação insatisfatória e adia os seus sonhos. Por fim, o declínio dele e o início do sucesso profissional dela e... 15 anos de avanços e recuos numa cadência anual marcada pelo dia 15 de Julho. Perspectivamos duas vidas e podemos encontrar paralelo com muitas outras que conhecemos. Momentos de humor e momentos de angústia.

Não foi uma leitura fluida apesar de ritmada nos vários capítulos em que evidencia algum humor ou vivacidade nos diálogos, mas a narrativa é muito extensa e exaustiva. Esta é uma daquelas raras situações em que creio que o filme "ganha" ao livro, porque possivelmente sintetiza o que há de melhor nesta estória e no relacionamento de Dexter e Emma.  Vi o trailler e fiquei entusiasmada em vê-lo, principalmente pela atriz que faz o papel de Emma.

A estória é maravilhosa e tem significado para todos aqueles numa determinada faixa etária viveram os anos 80 como os seus anos loucos. E agora, que rumo tomaram? Que construíram nas suas vidas?

sábado, 3 de dezembro de 2011

Lições de Desejo

Autor: Madeline Hunter
Edição: 2011, Agosto
Páginas: 368
ISBN: 9789892315621
Editora: ASA

Sinopse:
Se Phaedra Blair não possuísse tanta beleza e estilo, a alta sociedade achá-la-ia apenas estranha. Mas como a Mãe Natureza a dotou de ambas as coisas, consideram-na interessante e excêntrica. Ela é uma mulher à frente do seu tempo. Deseja liberdade e persegue um sonho. Apaixonar-se não está nos seus planos imediatos. Aliás, o seu primeiro encontro com Lorde Elliot não é auspicioso. Injustamente presa, será graças ao poder e charme do jovem que consegue escapar. Mas Phaedra depressa descobre que o preço da sua "liberdade" é ficar virtualmente ligada ao seu "herói". Pois Elliot Rothman não agiu apenas numa missão de boa vontade. O seu objectivo é garantir que Phaedra não publicará um manuscrito que ameaça destruir o bom nome da sua família, e para tal, ele está disposto a tudo. Não contava, porém, encontrar uma adversária à sua altura. Os dois jovens vão debater-se com as convenções de uma sociedade rígida e, acima de tudo, com sentimentos tão intensos quanto contraditórios.

A minha opinião:
As lições de Madeline Hunter são sobre desejo, sedução e sensualidade. Palavras estas que são muito apelativas numa romance.

Conheço e aprecio a escrita de Madeline Hunter sobre uma época em que a sociedade distinguia classes sociais e se regia por valores diferentes que estabeleciam normas de conduta para homens e mulheres. Romances de época ou romances históricos com personagens fortes e admiráveis, que se distinguem pelos sentimentos e emoções que experienciam numa narrativa vibrante e intensa, para quem aprecia este género literário.

Lord Elliot Rothwell é o filho mais novo do anterior Lord de Easterbrook, título assumido pelo filho mais velho, Christian que o incube duma missão. Essa missão dá ínicio a uma história de desejo e paixão, de sedução e fantasia e perigo, de casamento e repudiação e amor, entre Elliot e Phaedra Blair.

Usos e costumes em que por exemplo, os duelos entre cavalheiros são uma forma de defender a honra e o bom nome da familia. Neste contexto, um manuscrito que referisse um possivel crime passional encomendado e encoberto não deveria constar nas memórias do pai de Phaedra que esta iria publicar sobre o anterior Lord de Easterbrook.

Phaedra era uma bela, intrigante e determinada mulher que tal como a sua mãe desprezava as "estúpidas regras sociais", procurando ser independente e livre e sendo marginalizada por isso. Mas também ela tinha um enigma para decifrar sobre os últimos anos de vida da sua mãe que envolvia uma fraude e traição.

À semelhança dos contos de encantar que liámos e ouviamos enquanto crianças, este romance é um conto sobre um príncipe encantado e exerce um poderoso fascínio sobre sonhadoras leitoras, que tal como eu, gostam desta fantasia. Maravilhoso no género. Um prazer de ler.