quinta-feira, 13 de novembro de 2014

A Família Sogliano

Autor: Sveva Casati Modignani
Edição: 2014/ setembro
Páginas: 384
ISBN: 9789720046871
Editora: Porto Editora

Sinopse: 
É um fim de dia de maio quando na residência setecentista da família Sogliano, toca o telefone. A família está reunida para o jantar: Orsola, mulher de Edoardo, os cinco filhos do casal, a sogra, Margherita, e as suas duas filhas. Estão todos à espera de Edoardo. É Orsola quem atende, e toma conhecimento, através da voz formal de um polícia, da morte do marido num acidente de automóvel. O golpe é tremendo: trinta anos de amor despedaçados num instante. Mas Orsola não pode saber que aquela mágoa avassaladora se vai transformar em breve numa dor ainda mais profunda, no momento em que descobre uma série de fotografias recentes do marido na companhia de um bonito rapazinho de olhos amendoados, que assina: «O teu filho Steve».

A partir deste início fulgurante, Sveva conta-nos a história daquela família ligada à indústria do coral nos últimos dois séculos. A história de Orsola - uma mulher livre e independente de Milão; de Edoardo - o herdeiro da mais importante família do coral de Torre del Greco, mas também a história de Margherita - uma mulher do sul, orgulhosa e de coração generoso.
Uma vez mais, Sveva Casati Modignani envolve o leitor numa história apaixonante de uma grande família, entre amores, luzes e sombras, alegrias e sofrimentos, sucessos e falhanços, tendo como pano de fundo um ambiente tão insólito quanto fascinante e pouco conhecido: o mundo do coral, essa matéria-prima que nos encanta há milhares de anos.

A minha opinião: 
Sveva Casati Modignani é uma "velha" conhecida minha, considerando que li todos os seus livros em português. Muito criticada pelos apreciadores de literatura mais séria, tem uma vertente idealista e romântica que me encanta. É marcadamente feminista e defende o valor das mulheres como matriarcas. Mulheres que apesar das suas origens, qualquer que seja a sua classe social, são fortes, determinadas e batalhadoras, assegurando o seu destacado lugar na família, na sociedade e na carreira, sem perder a feminilidade, independência e sensualidade. Mulheres que conquistam privilégios inalcançaveis para a maioria, como um conto de fadas moderno.  

Mais uma vez, cumpriu. Orsola e Margherita são as personagens principais que em pequenos capítulos contam todos os episódios relevantes nas suas vidas e na sua família. Uma saga familiar no mundo do coral na Torre del Greco em Itália. 

O coral foi a grande aventura dos Sogliano, sinónimo de beleza, fantasia e arte, bem como fonte de preocupações. Durante anos, tinha significado ornamental mas também de superstição. Os Sogliano enriqueceram dignamente. Com a morte súbita de Edoardo unem-se, apesar das suas diferentes personalidades com diferentes sensibilidades e maturidade para acolherem Steve, jovem e desamparado sem o apoio dos humildes avós chineses e da mãe que penosamente reconstruíra a sua existência. 

Um romance que li com deleite. Um valor seguro e encantatório, como se nos levasse pela mão enquanto é contada uma história, recuando ao passado sempre que necessário para melhor nos dar a conhecer as personagens. 

Um prazer de ler!

Sem comentários:

Enviar um comentário