quarta-feira, 22 de julho de 2015

Uma Casa no Campo

Autor: Elizabeth Adler
Edição: 2014/ julhol
Páginas: 376
ISBN: 9789897261268
Editora: Quinta Essência

Sinopse:
Issy, de quinze anos, e a mãe, recentemente divorciada, lutam por encontrar o seu caminho e o seu lugar na vida, sozinhas e em conjunto.
Aos trinta e oito anos, com pouco dinheiro e a braços com todas as responsabilidades, Caroline tenta reconciliar-se com a nova situação em que se encontra. Ao decidir deixar para trás a desafogada vida que levava em Singapura (bem como o seu infiel marido e a amante de longa data), acaba a viver no pub de uma aldeia inglesa, trabalhando como chef para ganhar a vida, conhecendo as pessoas mais pitorescas da zona e fazendo amigos.

Porém, Issy adora o pai e secretamente culpa a mãe pela reviravolta operada na sua vida. Ao mesmo tempo que o sonho de Caroline de converter um velho celeiro num restaurante começa a tomar forma, a sua oportunidade de ser feliz é posta em causa por rumores de vingança e homicídio. Quando Issy, a meio caminho entre a adolescência e a idade adulta, começa a fazer algumas escolhas arriscadas, a situação complica-se ainda mais.

A minha opinião:
Não me vou alongar muito, no meu comentário a este romance lançado há um ano. Um romance típico de Elizabeth Adler. 

Singela estória, bem contada, com intriga, crime e romance. Muito agradável e "terapêutico", mas sem grandes exigências ou expectativas. 

Do que recordo, pensei num outro romance desta autora, "Casamento em Veneza", pelo crime e pela ligação das personagens à Ásia.   

O crime rapidamente desvendado, não é de todo o mais importante nesta trama. Algum suspense, mas pouco. O mais relevante é a crescente relação de cumplicidade e estima entre mãe e filha num novo recomeço. Novos amigos e novo ambiente, com várias dificuldades a superar, e muito para descobrir sobre elas próprias, numa narrativa fluída e despretensiosa. Para entreter.  

Sem comentários:

Enviar um comentário