domingo, 30 de outubro de 2011

ÁGUA, PEDRA, CORAÇÃO

Autor: Will North
Edição: 2011
Páginas: 328
ISBN: 9789722344890
Editora:  Editorial Presença

Sinopse:
Andrew Stratton é arquitecto e professor na Universidade da Pensilvânia, e sente-se realizado, até ao dia em que a sua ambiciosa mulher o deixa. Profundamente ferido, resolve deslocar-se a Inglaterra para participar num curso em Boscastle, na Cornualha. Aí, conhece Nicola Rhys-Jones, uma artista plástica americana, também divorciada. As afinidades entre ambos em breve transformam aquele encontro em algo bem mais forte do que a simpatia ou uma amizade. Mas se para Andrew é difícil aceitar os riscos de um novo relacionamento amoroso, para Nicola é quase impossível. Um enredo cativante que decorre num cenário idílico a que a ocorrência de uma catástrofe realmente ocorrida em 2004 naquela região confere um supremo toque de realismo.

A minha opinião:
"Sabes uma coisa Drew?"

Não, não sei, Lee, que coisa?"

Eram sempre assim os encontros matinais entre Lee, aliás Lilly, que se sentava no muro de pedra, junto ao portão da casa de Andrew, virada para a porta da frente, como se esperasse impacientemente que ele se despachasse.

Esta menina era filha dos donos da quinta e provocava um aperto no coração de Andrew porque era exactamente o tipo de criança que ele gostaria de ter tido como filha. Uma menina franzina, inquisitiva, sensitiva e muito viva que apesar da sua idade não tinha paciência para disparates.

Fiquei encantada com esta narrativa e os diálogos em que a pequena Lee se relaciona com os adultos que mais ama depois dos pais, Nicki e Drew.

O romance passa-se em Boscastle, uma aldeia real situada na costa norte da Cornualha no Sudoeste da Inglaterra e a 16 de Agosto de 2004 a conjugação invulgar de um conjunto de fenómenos metereológicos provocou uma das piores inundações registadas em Inglaterra em que milagrosamente não houve vitimas. O autor brilhantemente aproveitou alguns acontecimento verídicos e algumas personagens neste fascinante romance.

Um romance inebriante, envolvente, escrito com alma em que o autor enreda dados de uma região que tão bem descreve e transporta-nos para lá para nos apaixonarmo-nos pela zona e por todas as encantadoras personagens que lá habitam.

Este livro é perfeito para ler num dia de Outono, aconchegadas e tranquilas. Um romance com conteúdo. É comparado a Nicolas Sparks e a escrita talvez tenha traços comuns mas sem os finais emocionalmente dramáticos que é frequente em Sparks.

As personagens principais tem um passado que se reflecte no modo como se relacionam. Nicki conseguia ser muito carinhosa, brincalhona e sensual mas depois tornava-se distante, retraída e hostil, o que confundia e desconcertava Andrew que se apaixonara por ela e era correspondido mas por medo era irascível com ele.

E muito mais haveria para escrever sobre este romance mas o melhor mesmo é lê-lo. Recomendadissimo. Depois de ler o primeiro romance de Will North - Entre o Céu e a Montanha - fiquei atenta a tudo o que fosse publicado deste talentoso escritor e finalmente consegui dedicar-me a lê-lo, o que confirmou que serei uma fiel seguidora.

Sem comentários:

Enviar um comentário