terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Dolce di Love


Autor: Sarah-Kate Lunch
Edição: 2012
Páginas: 280  
ISBN: 9789722347846
Editora: Editorial Presença
Coleção: Champanhe e Morangos 

Sinopse:
Estrela do mundo dos negócios em Manhattan, Lily Turner descobre que Daniel, o seu marido "perfeito", tem outra família ali escondida, nas colinas da Toscania. Depois de lá chegar, o seu drama atrai a atenção da Liga Secreta das Viúvas Cerzideiras, uma espécie de exército invisível que se reúne para criar finais felizes Este complexo enredo cheio de humor desenrola-se na atmosfera estival e sumptuosa da paisagem toscana aromatizada pelos deliciosos cantucci, os Dolci di Love, confecionados segundo uma antiga receita que faz deles uma celebração à vida e à alegria de viver.
                          
A minha opinião:
Este ano tem sido auspicioso em termo de leituras.

Uma comédia romântica mágica que electriza o leitor com personagens que tanto tem de autênticas com conflitos sentimentais complexos, como em oposição surge a Liga Secreta das Víúvas Remendeiras, que com a vivacidade e alegria do povo italino caricaturizam a acção com hilariantes peripécias. Um mimo!!!
Este livro tem duas vertentes fantásticas. A seriedade e alguma profundidade dos sentimentos e emoções descritos que se inícia com a história do sapato de golfe em Manhattan que envolve Lily e o ausente Daniel, assim como a Rose (a irmã de Lily) e a divertidissíma e arrebatadora viagem dos copos de Lily à Toscana que desperta o interesse de um grupo de velhinhas empenhadas em remendar corações partidos e que tudo, e é mesmo tudo, fazem para o conseguir.

Fiquei rendida à escrita e capacidade criativa de Sarah-Kate Lynch que consegue uma trama viva e enérgica com personagens tão geniais como as velhinhas, que numa pequena comunidade tudo sabiam e tudo conseguiam movimentar e os solitários e confusos personagens Lily, Daniel, Franscesca, Rose, que me enterneceram e encantaram. Inclusive as simpáticas personagens secundárias - Ingrid, Eugenia, Carlotta e Alessandro me agradaram.

Um perfeito livro para o dia dos namorados que quando se começa a ler é quase impossivel parar. 

"Estende o teu coração como uma capa por cima de uma poça de água" ... "Se a amas, se a queres ter de volta, dá-lhe aquilo de que ela precisa"

Sem comentários:

Enviar um comentário