domingo, 2 de dezembro de 2012

Fragmento

"Estamos pior do que nunca, atolados pela crise política e financeira, com a economia devastada pela depressão internacional. O país tem vivido acima das suas posses e não produz nada, não tem uma indústria capaz. Estamos nas maõs das potências europeias, ameaçados pela cobiça inglesa e alemã em África e pelo iberísmo espanhol em casa ... é um desastre."
(pag. 33)
 
(ora bem, onde é que eu já li ou ouvi parte disto... a História repete-se...)

Sem comentários:

Enviar um comentário