sábado, 14 de junho de 2014

Grace de Mónaco

Subtítulo: Biografia Oficial
Autor:  Jeffrey Robinson
Edição: 2014/ maio
Páginas: 376
ISBN: 9789892325620
Editora: ASA

Sinopse:
Em 1955, Grace Kelly tinha a América a seus pés. Já ganhara um Óscar, era a atriz preferida do grande mestre Hitchcock e uma estrela de Hollywood. Na Europa, o príncipe Rainier, soberano do Principado do Mónaco, era o solteirão mais cobiçado. Conheceram-se rodeados por uma comitiva e expostos aos flashes das câmaras fotográficas. Pouco sabiam um sobre o outro.
O que se seguiu foi um dos romances mais badalados do século XX e um casamento que emocionou o mundo.

O nascimento dos filhos - os príncipes Alberto, Carolina e Stéphanie - teve um impacto mediático sem precedentes. O Mónaco transformou-se no destino de sonho de milhões de pessoas. Foram tempos mágicos, nos quais tudo parecia possível. Mas o conto de fadas teria um fim abrupto. No fatídico dia 13 de setembro de 1982, Grace saiu de casa ao volante de um Rover e sofreu um acidente fatal. Nas colinas de Monte Carlo, morreu uma estrela e nasceu uma lenda.
Numa iniciativa inédita, o príncipe Rainier e os filhos – o príncipe Alberto e as princesas Carolina e Stéphanie – colaboraram na escrita desta biografia. A história de amor entre Rainier e Grace; os anos rebeldes de Carolina e a morte trágica do seu marido, Stefano Casiraghi; o peso da responsabilidade do príncipe Alberto enquanto futuro monarca e a solidão de Stephanie após o acidente que vitimou a mãe, todos os momentos marcantes da Casa Grimaldi são pela primeira vez revelados pela família. Esta é a sua fascinante história.

A minha opinião:
Esta é a biografia oficial que começou a ser escrita em 1989, e contou com a cooperação plena e inédita de quatro pessoas: o príncipe Rainier III, o príncipe Alberto, a princesa Carolina e a princesa Stéphanie, e que assim pretendiam contar a verdade.   

Grace Kelly é uma personalidade incontornável do sec. XX que encarna beleza, glamour e sucesso e foi seguida por milhares de pessoas ao longo da sua vida como atriz e mais tarde, como princesa. Grace era uma pessoa delicada e amável, oriunda de uma família com antecedentes irlandeses e alemães, onde teve uma educação tradicional e rígida, muito ligada ao desporto. Quando casou, ela e Rainier foram protagonistas de um conto de fadas, mais do que governantes de um pequeno país que reabilitaram e em que Grace deu vida à Riviera como um ícone do cinema o poderia fazer com os seus amigos de Hollywood.

Poucos tiveram uma vida tão cheia e encantadora, mas com um final tão triste. Cercados por parasitas, lacaios, oportunistas, alpinistas sociais e patifes, tiveram sérias dificuldades em escolher em quem confiar e amar. Os filhos foram sempre alvo de perseguições intoleráveis pelos paparazzis e muitos escândalos suscitaram, ora fabricados ora imprudentes.  

Numa retrospectiva alargada, o autor não deixa nada por contar. Escrutina tudo, desde os conflitos políticos e económicos do Mónaco, ao convívio social e eventos, e à vida em família. Perfeito! Demasiado para mim, e é isso que torna este livro um tanto excessivo e exaustivo, porque não creio em tanta perfeição e idílio. Sequer acredito ou admiro ícones. Mas, para quem acompanhou a vida e obra de Grace kelly, é um livro a ler.  

Sem comentários:

Enviar um comentário