quinta-feira, 23 de maio de 2019

A Vida Escondida Entre os Livros

A minha opinião:
Uma livraria não é mágica, mas pode roubar-nos o coração... ou lentamente curar um coração. 

Uma das últimas frases deste livro que percebi depois de o ler. Loveday curou o dela e eu encantei-me, não com a livraria mas com as maravilhosas personagens.  

A narrativa terna divide-se entre passado com o título Crime e presente como Poesia e gradualmente vamos vislumbrando o que se passou na vida de Loveday que a levou a refgugiar-se nos livros que a salvaram e a pocurar ser invisível. Uma relação falhada ainda a atormenta e Rob insiste em reatar. Archie é o excêntrico dono da livraria de livros em segunda mão que lhe deu um emprego quando a apanhou a roubar um livro.  

Não li a sinospse e não era o que eu esperava. Esperava menos e recebi mais. Esperava muitas referências a livros (e não são tantas assim) e ao seu poder curativo e fui surpreendida com a força do amor filial. O tema subjacente é a violência domèstica que de todo não estava à espera. Um romance mágico de amor e redenção. Tão bom. 

Autor: Stephanie Butland
Edição: 2019/ março
Páginas: 304
ISBN: 9789898917737
Editora: TopSeller

Sinopse:
Era uma vez uma rapariga que confiava os seus segredos aos livros...

No coração de York, em Inglaterra, uma pequena livraria tornou-se o refúgio da jovem Loveday Cardew — o único sítio em que a tímida livreira se sente segura. Só aí pode cuidar dos livros da mesma forma que os livros cuidam de si, ensinando-a a entender os sentimentos que a inquietam: a solidão, com Anna Karénina; a alegria de viver, com A Feira das Vaidades; as paixões avassaladoras, com O Monte dos Vendavais. Depois de uma tragédia que lhe roubou tudo, uma infância passada com uma família de acolhimento e um relacionamento falhado, não é de admirar que Loveday prefira os livros às pessoas. Até que um dia, numa paragem de autocarro, ela encontra um livro perdido. Em busca deste livro surge Nathan, um poeta que se deixa encantar pela jovem livreira mas que não consegue quebrar a sua barreira de gelo, a não ser com a ajuda de Archie, o excêntrico dono da livraria onde trabalha.

Mas é quando os livros da sua infância começam a aparecer misteriosamente na livraria, que Loveday terá de aprender a confiar nos outros, para descobrir quem será a pessoa do seu passado que está a tentar contactá-la.

Terá ela coragem para revelar a vida que, durante tantos anos, tentou esconder entre os livros?

Sem comentários:

Enviar um comentário