terça-feira, 18 de junho de 2013

Refletida



 

Autor: Sylvia Day
Série: Crossfire (Vol. 2)
Edição:
2013, março
Páginas: 352
ISBN: 9789897450044
Editora: 5 Sentidos
 
Sinopse:
Gideon Cross: tão bonito e perfeito por fora como atormentado e complicado por dentro. Ele enfeitiçou-me com uma paixão que me arrebatou e me despertou os prazeres mais secretos. Eu não conseguia, nem queria, ficar longe dele. Ele era o meu vício... o meu desejo... era meu. A minha história era tão violenta como a dele, e eu estava igualmente marcada pela vida.

Nunca conseguiríamos ficar juntos porque era demasiado doloroso... exceto quando era inacreditavelmente perfeito. Nesses momentos, o desejo e o amor desesperado conduziam-nos a um estado de sublime insanidade.
Gideon e eu estávamos a ultrapassar todas as fronteiras e a nossa paixão levar-nos-ia aos limites da doce e arriscada obsessão.
 
A minha opinião:
Depois de ler o 1.º volume desta série, Rendida, era previsivel que continuasse. E cansada como estava, nada melhor do que um romance pouco exigente intelectualmente, com personagens que reconhecia, numa relação fogosa e possessiva marcada por intensa atividade sexual. Um romance que é um apelo aos sentidos e quiça um "motor" para "re/descobrir" o encantamento, cegueira e prazer de uma relação afetiva. 
 
Os protagonistas vivem um mundo de privilégios no âmbito do sonho e da fantasia para o comum dos mortais, e convinhamos que poder e dinheiro são afrodisíacos, o que me recorda os contos de encantar de criança numa versão mais adulta, com uma tremenda carga erótica e forte cariz sexual ao descrever com algum detalhe as acões em que os protagonistas se enredam.

Glamour, sensualidade e paixão são ingredientes apetecíveis num romance de entretenimento. Contudo, os traumas e tabus que se vão desvendando ensombram um pouco a narrativa e, de novo, fazem-me recordar os contos de encantar em que torcemos que os vilões sejam punidos e trazem a moral da estória. Alerta para os dramas ocultos nas modernas familias alargadas.
 
Agradável leitura que cumpre os seus objetivos. Antevejo que no último volume, todo o sofrido passado de Gideon seja revelado e ultrapassado com o merecido castigo.

Sem comentários:

Enviar um comentário