terça-feira, 27 de agosto de 2013

a praia das pétalas de rosa

Autor: Dorothy Koomson
Edição: 2012, abril
Páginas: 544
ISBN: 9789720044471
Editora: Porto Editora

Sinopse:
Todas as histórias de amor sofrem reviravoltas.
Depois de quinze anos de um grande amor e um casamento perfeito, Scott, marido de Tamia, é acusado de algo impensável. De repente, tudo aquilo em que Tamia acreditava - amizade, família, amor e intimidade - parece não ter qualquer valor. Ela não sabe em quem confiar, nem sonha o que o futuro lhe reserva.

Então, uma estranha chega à cidade, para lançar pétalas de rosa ao mar, em memória de alguém muito querido e há muito perdido. Esta mulher transporta consigo verdades chocantes que transformarão as vidas de todos, incluindo Tamia que será obrigada a fazer a mais dolorosa das escolhas...
O que estaria disposta a fazer para salvar a sua família?

A minha opinião:
Demorei a decidir o que comentar sobre este romance. Por vezes parece-me que o escrevo é sempre redundante ou pouco esclarecedor. E de facto eu não pretendo elucidar demasiado sobre a história e assim desmotivar quem o deseja ler. Apenas acrescentar um pouco mais à sinopse e sobre o que extrai do que li.

Este foi um daqueles livros que li por insistência de uma ou duas pessoas próximas, porque apesar de achar a capa e o título lindos, parecia-me que seria um daqueles romances populuchos, feitos para agradar às massas e sem grande consistência, mas fui agradavelmente surpreendida. É efetivamente um romance que agrada às mulheres. Sobre mulheres para mulheres. Em foco os equívocos do amor e ... da amizade.

Um casamento que parecia perfeito até que surge uma acusação de crime sexual por parte da vizinha e melhor amiga de Tami  sobre o marido, colega de trabalho da vitima. Tudo é equacionado quando as duas versões colidem. E muito se revela dada a percepção, persistência e coragem de Tami.
Três narradoras e personagens principais que gradualmente se dão a conhecer e nos desvendam as circunstâncias, com alguns avanços e recuos no tempo, importantes para o desenvolvimento e desfecho da trama. Ciume, inveja e traição. E compreensão e solidariedade. Aventura e impunidade com desvios comportamentais.

Claro que não conhecia esta autora, mas sabe como contar uma história que nos toca o coração.
Já ouviram falar da Praia das Rosas?  

2 comentários:

  1. Boa noite. Peço desculpa pelo meio escolhido, mas não consegui localizar um endereço de email aqui no blogue.

    Gostava de apresentar um livro (meu) para ser opinado. Chama-se "A Imagem" e as informações principais quanto à sua história podem ser encontradas no blogue www.aimagem2013.wordpress.com.

    Caso haja interesse, estou disponível em gomes_joel@hotmail.com. Obrigado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Joel, não tive oportunidade de analisar mais cedo a tua proposta, que desde já agradeço. Mas vou ao teu blogue e depois informo-te.
      Bjinhos

      Eliminar