sábado, 24 de agosto de 2013

Depois

Autor: Rosamund Lupton
Edição: 2013, fevereiro
Páginas: 432
ISBN: 9789722633826
Editora: Civilização

Sinopse:
Um dia perfeito, um crime terrível
É um incêndio e eles estão lá dentro. Eles estão lá dentro…
Fumo negro mancha o céu azul de verão. Uma escola está a arder. E uma mãe, Grace, vê o fumo e corre. Sabe que Jenny, a sua filha adolescente, está lá dentro. Corre para o edifício em chamas para a salvar.

Depois, Grace tem de descobrir a identidade do autor do incêndio e proteger a sua família da pessoa que continua determinada a destruí-los a todos.
Depois, tem de forçar os limites da sua força física e descobrir que o amor não conhece limites.

A minha opinião:
Intenso. Perturbador como um thriller sabe ser, e arrebatador na vertigem que evoca.

Quem leu o primeiro romance desta autora sabe o que ela é capaz de conceber. Mais do que uma trama que nos consegue surpreender e envolver com personagens emocionalmente ricas e complexas mas tão humanas, é o modo como conduz a narrativa que é arrebatador e provoca um efeito inebriante em que não conseguimos facilmente suspender a leitura ou pelo menos desligar da estória mesmo quando suspendemos a leitura. E isso é que eu considero excecional num autor - quando consegue que seja qual for a trama ou as personagens, prender-nos e repetir a proeza em todas as obras.

Mas, desta vez, explora uma vertente diferente: o paranormal. A vida para além do corpo/ mundo físico, num thriller psicológico em que se destacam quatro personagens - as vítimas: Jenny, Grace e Mike e Sarah, elementos da mesma família. Reféns da dor.  Enquanto as duas primeiras se debatem para viver e resistir aos graves ferimentos de um incêndio na escola, os últimos dois sofrem com a impotência e a perda das que amam. Resta-lhes proteger e descobrir o vilão de tão infame crime - fogo posto e tentativa de homicídio. 

Ritmado e fluído, numa trama bem elaborada que não se consegue parar de ler até descortinar o culpado. Vibrante e viciante na empatia que se estabelece com o leitor enquanto acompanha toda a investigação. 

Uma autora a reter.

Sem comentários:

Enviar um comentário