sábado, 7 de setembro de 2013

Casado até Quarta

Autor: Catherine Bybee
Edição: 2013, Agosto
Páginas: 200
ISBN: 9789722526333
Editora: Bertrand Editora

Sinopse:
Blake Harrison: 
Rico, de boas famílias, encantador… e a precisar de uma mulher que se case com ele até quarta-feira. Blake pede ajuda a Sam, que afinal não é o homem de negócios que ele pensava. Pelo contrário, Blake depara com Samantha Elliot, uma mulher linda e arrojada com uma voz de fazer perder a cabeça. 

Samantha Elliot: 
Dona de uma agência matrimonial, ela própria não está disponível para o casamento… quer dizer, até Blake lhe oferecer dez milhões de dólares por um contrato de um ano. Não há nada de indecente na proposta dele e, além disso, o dinheiro vai ajudar imenso nas contas do médico da família de Sam. A única coisa que ela tem de fazer é guardar para si a atração que sente pelo marido e evitar a cama dele. Porém, é difícil resistir aos beijos ardentes de Blake e ao seu charme sensual são demasiado difíceis de resistir. O contrato de casamento previa tudo e mais alguma coisa… menos que se apaixonassem.

A minha opinião:
Este romance é um miminho. Não percebi porque o consideraram na categoria de literatura erótica. Mas é certamente para almas românticas e muito sonhadoras. Das que ainda sonham com o príncipe encantado. É curioso que este tipo de histórias vai sempre existir, para alimentar a fantasia de relações perfeitas. Contudo, apesar de se saber que é uma utopia, é sempre bom sonhar. 

Blake e Sam são personagens idílicas. Blake tem o bónus de ser rico. Uma fortuna construída por si em afronta ao pai, mas que não o deixa renegar a herança quando este falece e deixa um testamento com cláusulas específicas. Quando conhece Sam e decide que será com ela que irá estipular o acordo, que não é mais do que um negócio sigiloso entre eles, deixam de parte qualquer envolvimento emocional ou físico. E o entusiasmo começa com uma narrativa em que os sentidos não respeitam o acordo. Depois existem outros interessados na herança e no título. Enfim ... um miminho e parece que lhe seguem outros porque este é um de uma série de romances com títulos relacionados com os dias da semana.

Para combater agruras e desgostos, uma breve leitura de encantar.

Sem comentários:

Enviar um comentário