sábado, 15 de fevereiro de 2014

Apaixonada por um Milionário

Autor: Ruth Cardello
Edição: 2013
Páginas: 168
ISBN: 9789722351065
Editora: Editorial Presença

Sinopse:
Dominic Corisi é bilionário, tem um corpo perfeito e um charme irresistível que lhe garante que todas as mulheres que deseja lhe caiam aos pés. Quer dizer, todas menos Abby Dartley, uma jovem e atraente professora que não acredita em correr riscos, sobretudo no que toca a homens. É precisamente por isso que Dominic está decidido a não a deixar escapar e, quando os negócios o obrigam a viajar até à China, leva Abby com ele. Mas com as suas condições: sem promessas e sem compromissos. Só sexo. Porém, na China, Abby toma conhecimento de uma intriga que a poderá obrigar a abandonar o seu papel submisso de amante, mesmo que isso signifique perder o homem que ama...


A minha opinião:
Parece imaturidade ler romances com títulos tão ... como direi... sonhadores e fúteis quanto este.  Mas, porque não??? De quando em quando, quando nos sentimos pressionadas e desgastadas, até agastadas, devemos deixar-nos enlevar num mundo de sonho e fantasia, tão distante do real, que nos permita sorrir dos problemas. Romântico, como muitos o somos, apesar de o ocultarmos. E depois, mais um dia dos namorados, em que não sou adepta do consumismo, excepto quando opto por um livro leve e agradável intercalado com bons momentos de carinho e afecto bem reais.

Li um excerto deste livro no site da Editorial Presença e achei-o tão agradável com uma escrita fluída e envolvente, que na primeira oportunidade dirigi-me a uma livraria e o adquiri. E não parei de o ler porque adorei a interação das personagens, bem como as suas personalidades - Dominic e Abby.  
A vivacidade de Abby não a deixa intimidar-se e assim abre brechas na fortaleza deste homem poderoso e dominador. E depois... depois, o romance acontece. 

Acessível e despretensioso este romance. Um miminho. OK, acho que tenho de ler o romance que se segue desta autora e já lançado pela Presença. Outra ida à livraria. 

Sem comentários:

Enviar um comentário