domingo, 12 de outubro de 2014

O Primeiro Marido

Autor: Laura Dave
Edição: 2014/ abril
Páginas: 256
ISBN: 9789898626363
Editora: Topseller

Sinopse: 
Se o amor da tua vida te deixasse, o que farias?
Uma história romântica e divertida sobre uma mulher dividida entre o seu marido e o homem com quem ela julgava que se ia casar.
Annie Adams está a alguns dias de celebrar o seu 32.º aniversário e pensa que encontrou, finalmente, a felicidade. Jornalista, escreve uma coluna semanal sobre viagens e passa a vida a explorar os lugares mais exóticos e interessantes do mundo. Vive em Los Angeles com Nick, o namorado com quem já pensa casar, numa relação aparentemente feliz que já conta com cinco anos. Quando Nick chega um dia a casa e a informa de que, «segundo a terapeuta», talvez precisem de «um tempo», Annie fica destroçada.

Perdida num turbilhão de sentimentos, Annie acaba por conhecer Griffin, um charmoso chef, que de imediato a conquista. E em apenas três meses, Annie dá por si casada e a reconstruir a sua vida numa zona rural do Massachusetts. Mas quando Nick lhe pede uma segunda oportunidade, Annie fica dividida entre o seu marido e o homem com quem ela sente que deveria ter casado.

A minha opinião: 
Irónico e imensamente divertido. A aventura de uma vida para a escritora de viagens Annie Adams.

Sempre procuramos coisas que nos façam sentir bem. A procura pode ser o mais longe que se consegue. Até se pode transformar isso numa carreira. E podemos passar o resto da vida a tentar. Até encontrarmos o lugar a que pertencemos e de onde não se quer fugir. Tem tudo a ver com a pessoa que está ao nosso lado.

Tão simples e tão eficaz. Assim é este enredo. Simples! 
E delicioso! 
A supersticiosa Annie que sempre que vê o filme "Férias em Roma" com Audrey Hepburn, se consola com a possibilidade de encontrar o tipo de romance idílico das personagens e não as tragédias com que se depara depois. O fim de uma relação de cinco anos, nenhuma viagem de jeito, um despedimento e um pedido de casamento tardio. Nenhum futuro aparente numa cidade pequena, fria e ventosa. Onde tinha um cunhado louco e uma casa preenchida com dois gémeos cheios de saudades da mãe e quinhentas fotografias arruinadas. Onde o marido tinha uma linda e simpática ex-namorada, uma mãe que não gostava dela e um restaurante sem nome. Um lugar onde conseguia ouvir todos os seus medos. Um sentimento crescente de liberdade para descobrir aquilo que pode ser e alguém que a ame por aquilo que é.

Relacionamentos e escolhas. Fracassos e vitórias. Erros com que se aprende. Sempre com um sorriso. 
Jovial e Romântico. Odiei a capa deste livro mas adorei lê-lo. Um perfeito livro para um dia de chuva. 

Sem comentários:

Enviar um comentário