quinta-feira, 3 de maio de 2012

És o Meu Segredo

Autor: Tiago Rebelo
Edição: 2012, Março
Páginas: 216
ISBN: 9789892317892
Editora: ASA

Sinopse:
Rute Madeira e a sua irmã Filipa conheceram, na adolescência, Tomás Arruda durante umas inesquecíveis férias de Verão em Pedras d’el Rei. As memórias dessas férias perdurariam mesmo depois de Tomás rumar a Londres e se ter transformado num famoso actor de cinema.
Quando o realizador Ian Holden vem a Sintra rodar um filme que tem Tomás Arruda como protagonista, Rute Madeira, agora a gerir os negócios da família, decide organizar um jantar de boas-vindas à equipa de filmagem. Um acontecimento social de impacto com uma lista de convidados ilustres e mediáticos e amplamente coberto pela comunicação social. Um jantar perfeito para gente perfeita: jovens, ricos, famosos e felizes. Aparentemente.
Por detrás do esplendor e do glamour, pairam ódios e frustrações difíceis de superar. Conseguirá Rute sobreviver a um doloroso segredo das sombras do seu passado? Poderão Tomás e Filipa reprimir a atracção que os une?
És o Meu Segredo, pela primeira vez editado na ASA, traz-nos a densidade emocional a que Tiago Rebelo já nos habituou. A vida das personagens, marcada por impasses, encantos e desenganos, apela às insondáveis questões do amor e aos misteriosos enredos da mente.
Um romance psicológico que nos prende de início e nos confirma que a vida vale a pena ser vivida apesar das pedras que surgem pelo caminho.

A minha opinião:
Gosto de ler autores que escrevem em português quando, como é o caso, agradávelmente sou surpreendida pelo talento de quem descreve ambientes que reconheço e narra uma estória simples mas bem estruturada com personagens com alguma consistência. Nesta estreia absoluta, ao contrário do que poderia imaginar, não se trata de um romance leve e superfícal, cheio de lugares comuns e que nada deixa ao concluir a leitura.
 
Rute Madeira é uma jovem marcada por um segredo sombrio que afetou a sua relação com os homens e comprometeu o seu futuro que se envolve desinteressadamente com Tomás, enquanto Filipa é uma jovem doce e determinada que se apaixona sem expectativas pelo mesmo Tomás. Aparentemente trata-se de um vulgar triângulo amoroso suscetível de muitos atritos mas ...
Três anos depois reencontram-se e retomam a convivência mas as personagens e os afetos alteraram-se. Para muito contribuiu também a presença de Ian Holden.
Quatro personagens e quatro percursos de vida que se cruzam e assim aumenta progressivamente o interesse do leitor nesta narrativa em que se deseja um final feliz.

Tal como a sinopse revela o que de mais importante existe nesta narrativa é o drama de Rute que carrega uma complexa teia de emoções e a atração entre Tomás e Filipa que não ousam desvendam o seu sentir.

Uma promessa que espero confirmar em próximas leituras.

Sem comentários:

Enviar um comentário