domingo, 5 de maio de 2013

Fragmento

"Já se disse vezes de sobra que não há palavras adequadas para exprimir o horror do que aconteceu em Auschwitz e noutros campos de extermínio, cujos vestígios os nazis em retirada apagaram com mais cuidado. Também não há pensamentos adequados, nem respostas emocionais adequadas, para o visitante que na vida nunca passou por nada de minimamente comparável àquilo. Sente-se compaixão, como é óbvio,  e mágoa, e raiva, mas estes sentimentos parecem tão supérfluos perante a imensidão do sofrimento que este lugar evoca, como lágrimas vertidas num oceano."

in A Vida em Surdina, David Lodge, pag. 293

Sem comentários:

Enviar um comentário