sexta-feira, 9 de março de 2012

Pensamento adquirido em "As Horas Distantes"


"Não tenho muitos (amigos), pelo menos da espécie viva e que respira. Não digo isto de uma forma tríste e solitária; não sou o tipo de pessoa que acumula amigos ou aprecia multidões. Tenho jeito para palavras, mas não faladas; foram muitas as vezes que pensei como seria maravilhoso se pudesse conduzir relações no papel. Parece-me que, de certa forma, é isso que faço, pois tenho centenas da outra espécie, os amigos contidos em capas de livros, magnífica página após página de tinta, histórias que se desenrolam sempre da mesma forma mas que nunca perdem a alegria, que me levam pela mão e me fazem passar portas que dão para mundos de grande horror e deleite arrebatado."
pag. 22

1 comentário:

  1. Adorei a frase é realmente especial e, em certa medida, verdadeira. Fiquei ainda mais curiosa com a obra. :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar