segunda-feira, 25 de março de 2013

Nas Asas da Memória



Autor: Sarah Sundin
Edição: 2012, Outubro
Páginas: 468
ISBN: 9789897260285
Editora: Quinta Essência

Sinopse:
O major Jack Novak nunca recusou enfrentar um desafio - até que conhece a enfermeira tenente Ruth Doherty. Quando Jack vai parar ao hospital do exército depois da queda de um avião, decide que a sua missão prioritária é conquistar o coração de Ruth. Não será fácil. Não só Ruth está concentrada no seu trabalho para poder sustentar a família, como carrega um segredo vergonhoso que a impede de entregar o coração a qualquer homem. À medida que o perigo e a tensão da Segunda Guerra Mundial aumentam, Jack e Ruth irão precisar um do outro mais do que nunca. Conseguirá Jack transpor as defesas dela? Ou estarão destinados a seguir caminhos diferentes.

A minha opinião:
O primeiro volume desta trilogia "Asas de Glória" agradou-me mais. Nas Asas do Amor pareceu-me mais verossímel e as personagens mais cativantes. Apesar de se tratar de uma trilogia, as histórias são independentes.
Recomeçando pelo fim, que foi o que fiz, vou desenvolver as razões porque este 2º livro não me agradou tanto como o anterior. Possivelmente como a expetativa era alta, o resultado seja pouco animador, mas é muito mais do que isso.

Cada um dos volumes desta trilogia é sobre o romance de um dos irmãos Novak,  filhos de um pastor protestante muito apegado à sua religião (tal como a autora) que se apaixonam enquanto combatentes  na 2ª Guerra Mundial. A temática agrada-me bastante mas o que me contrariou foi o excesso de religiosidade das personagens, mesmo supondo que em cenário de guerra a religião seja um fator preponderante. A autora descredibilizou as personagens no contexto da narrativa com o intuito de incutir mensagens de apego à fé em Deus.

Narrativa fluída mas muito descritiva, sem desenvolver o romance entre Jack e Ruth, o que dá algum destaque a personagens secundárias como Charlie e May que tem um envolvimento mais imediato e sentido. Emoção e drama surge quando Ruth tem de enfrentar um perigoso e charmoso predador e vigarista, mas fiquei em suspense sobre a guarda da irmã Maggie com a tia pouco escrupulosa.

Enfim, por tudo isto, uma leitura agradável mas que ficou áquem das minhas expetativas. Vou passar ao 3º e último volume "Nas Asas do Amanhã" para reencontrar romance e drama com Ray Novak. 

1 comentário:

  1. Olá Vera,

    De tanto que já li sobre esta série na blogosfera, a ideia com que fiquei é que mais vale só ler o 1º livro. O 2º e o 3º volume, tal como disseste, parece que, geralmente, ficam sempre aquém das expectativas...

    Ofereci-te um selo bem colorido. Quando puderes, passa no meu blogue: http://acortedoslivros.blogspot.pt/2013/03/desafio-arco-iris-selo-com-as-cores-da.html
    Espero que gostes :)

    Beijinhos e fantásticas leituras!

    ResponderEliminar