domingo, 19 de agosto de 2012

A Estranha Viagem do Senhor Daldry

Autor: Marc Levy
Edição: 2012, Julho
Páginas: 240
ISBN: 9789896661243
Editora: Contraponto

Sinopse:
Londres, 1950
Alice leva uma existência tranquila entre o seu trabalho como criadora de perfumes, que a apaixona, e o seu grupo de amigos, todos eles artistas nas horas vagas. No entanto, na véspera de Natal, a sua vida vai sofrer um abanão. Durante um passeio a uma feira em Brighton, uma vidente prediz que irá viver uma aventura, em busca de um passado misterioso. Alice não acredita nela, mas também não consegue esquecer as suas palavras; subitamente as suas noites passam a ser povoadas de pesadelos, que lhe parecem tão reais como incompreensíveis.

O seu vizinho, o senhor Daldry, um gentleman excêntrico e celibatário empedernido, convence-a a levar a sério a predição da vidente e a encontrar as seis pessoas que a conduzirão ao seu destino.
De Londres a Istambul, Alice e o senhor Daldry partem na sua estranha viagem…

A minha opinião:
Marc Levy é um autor de referência para mim e os seus livros são quase leitura obrigatória porque me proporcionam uma verdadeira evasão quanto me embrenho nas divertidas e místicas estórias. Os diálogos e as aventuras são vertiginosas, o que me faz pensar que talvez as personagens que cria com um marcado sentido de humor critico e irónico sejam também uma carateristica do autor.

Uma estranha profecia de uma vidente que incute no pensamento de Alice confusos e insistentes pesadelos, que perturbam o normal desenrolar do seu labor como "nariz" ao criar perfumes, levam a uma inusitada demanda proporcionada pelo seu vizinho artista (pintor que se dedica a pintar cruzamentos) a Istambul, para descobrir um passado recalcado nas suas memórias. Nada mais simples mas uma nota de mistério e alguma ternura e irreverência fazem deste romance mais um sucesso. O talento em contar uma estória tendo um enredo tão simples que se resume em poucas palavras mas, com belas descrições de Istambul de exóticos odores e personagens carismáticas que vivenciam uma série de peripécias bem encadeadas, fazem deste romance uma prazeirosa leitura. 

Um prazer de ler!

Sem comentários:

Enviar um comentário