quinta-feira, 4 de abril de 2013

Nas Asas do Amanhã


Autor: Sarah Sundin
Edição: 2013, março
Páginas: 472
ISBN: 9789897260438
Editora: Quinta Essência

Sinopse:
Conseguirão encontrar a coragem de que precisam para enfrentar os seus desafios? 
Quando o marido morre na guerra do Pacífico, Helen Carlisle oferece-se como voluntária para o esforço de guerra, a fim de ocultar os seus sentimentos. No entanto, manter a aparência de viúva inconsolável de um herói local está a deixar a sua marca. Em breve algo irá ceder. 
O tenente Raymond Novak prefere o púlpito ao cockpit. O seu trabalho a treinar pilotos de B-17 permite-lhe ter uma vida pessoal… e dá-lhe uma desculpa conveniente para ignorar o seu maior medo. Quando a bela Helen conquista o seu coração, ele mostra-se decidido a merecê-la e a desposá-la.
Ray e Helen veem-se então forçados a arriscar as suas reputações e as suas vidas; irão eles enfrentar e conquistar os desafios que têm pela frente? E poderá o seu jovem amor sobreviver até ao regresso da paz?
Rodeados de perigo, irão eles encontrar a coragem para confrontar os seus medos e entregarem-se a um amor duradouro?
Cheio de drama, coragem e romance, Nas Asas do Amanhã encerra de forma magistral a popular série «Asas de Glória».

A minha opinião:
Este último romance da trilogia "Asas de Gloria" reconciliou-me com esta saga familiar dos irmãos Novak, pilotos da Força Aérea dos Aliados durante a 2ª Guerra Mundial e com a autora. A narrativa pareceu-me mais credível com descrições razoáveis do ambiente vivido nas bases e combates em pleno ar, assim como as dúvidas como objetor de consciência do Ray, e o drama muito real (infelizmente) da violência doméstica com todos os fatores paralisantes inerentes, como o medo, a culpa, a vergonha e a proteção maternal. 

Um romance que apesar das suas dimensões se lê velozmente, tal a fluidez da escrita e o impacto que causa no leitor que, com emoção e suspense acompanha o desenvolvimento das situações e a evolução das carismáticas personagens. Personagens essas que o leitor "torce" para que resistem e sobrevivam a tão duras provas para terminarem felizes e juntos. 

Histórias distintas em que cada um dos volumes se foca num dos irmãos Novak e podem ser lidos separadamente. Este último agradou-me particularmente por não ser excessivamente abordada a religião. Mais verossímil portanto, mesmo considerando a época e às circunstâncias de guerra.

Recomendo!

Sem comentários:

Enviar um comentário