quarta-feira, 1 de agosto de 2018

Laços

Autor: Domenico Starnone
Edição: 2018/ junho
Páginas: 144
ISBN: 9789896655938
Tradutor: Vasco Rato
Editora: Alfaguara

Sinopse: 


Domenico Starnone oferece-nos um olhar incisivo e terno sobre o amor, o casamento, a família, o legado que deixamos aos nossos filhos e o lugar que a liberdade individual pode ter no meio de tudo isso. 

Um romance provocador, intensíssimo e verdadeiro, pela mão de um dos maiores nomes da literatura italiana contemporânea.

O amor é um jogo sublime. 
E uma perigosa armadilha. 
Um romance magistral sobre as forças subterrâneas do amor.


A minha opinião: 
Laços. Um título bem escolhido. E que história de vida! Uma verdadeira jóia literária.

Os laços. Os laços que damos. A maneira como os apertarmos (como aos atacadores dos sapatos). Um pormenor que envolveu todos. Um pormenor que os distingue e simultaneamente os aproxima de tantos outros que vivenciaram experiencias análogas na dinâmica parental. O apertar e o desapertar que leva à aproximação dos filhos, enquanto ele e ela, apreenderam a arte da reticência. "Desde essa crise de há tantos anos, apreendemos os dois que, para vivermos juntos, devemos dizer um ao outro muito menos do que aquilo que calamos." (Pag.97)

Relato perspicaz e cru de uma relação visto por todos os ângulos e sob diferentes perspectivas. Inicialmente, a ruptura em formato epistolar com a Vanda, a mulher. No meio, o marido Aldo, já idoso, numa passividade lucida e resignada e por fim, a filha Anna e um vislumbre do Sandro, o filho.

Laços afetivos emaranhados num romance magistral, sem ser leve ou ligeiro, em que cada palavra tem o seu peso e marca e leva à reflexão.

Muito bom. Recomendadissimo.

Sem comentários:

Enviar um comentário