sábado, 17 de setembro de 2011

Helena de Tróia - Vol II

Autor:  Margaret George
Edição: 2010, Junho
Páginas: 352
ISBN: 9789898032812
Editora: Chá das Cinco

Sinopse:
Filha de um deus, mulher de um rei, prémio da guerra mais sangrenta da Antiguidade, Helena de Tróia inspira artistas há milénios. E Margaret George dá nova vida ao grande conto homérico pondo Helena a narrar a própria história.

Através dos seus olhos e da sua voz, vivemos a descoberta da jovem Helena sobre a sua origem divina e beleza avassaladora. Pouco mais do que uma menina, Helena casa-se com Menelau, rei de Esparta, e dá-lhe uma filha. Aos vinte anos de idade, a mulher mais bela do mundo estava resignada com um casamento desapaixonado — até encontrar o atraente príncipe troiano, Páris. E quando os apaixonados fogem para Tróia, guerra, assassínio e tragédia tornam-se inevitáveis.
Em Helena de Tróia, Margaret George capturou uma lenda intemporal num conto hipnotizante acerca de uma mulher cuja vida estava destinada a criar conflito… e a destruir civilizações.

A minha opinião:
Todos sabemos o que acontece a Helena e Páris depois de fugirem, mas pensei que o II volume de esta lenda intemporal sobre um grande amor seria uma exaustiva narrativa sobre a Guerra de Tróia. Contudo, estava errada, porque o II volume superou o I e li maravilhada uma história rica e mágica, sobre temas universais como a busca de amor, o amor proibido, a ganância, a falta de escrúpulos e limites para a maldade e a violência, do ponto de vista feminino, o de Helena. A natureza humana no seu melhor e no seu pior.
As personagens bem caracterizadas são admiradas e repudiadas, porque são muito reais, tanto as divinas como as humanas. Os heróis fazem parte do nosso imaginário, com uma coragem e dignidade que muito desejamos encontrar, bem como a presença divina com a sua orientação ou participação na nossa existência.
Um livro maravilhoso que possivelmente é o melhor romance deste Verão.

Sem comentários:

Enviar um comentário