segunda-feira, 12 de setembro de 2011

O Labirinto de Água

Autor: Eric Frattini
Edição: 2010, Março
Páginas: 448
ISBN: 978-972-0-04071-8
Editora:Saida de Emergência

Sinopse:

E se Judas traiu Jesus a seu pedido? E se Pedro não estivesse destinado a ser chefe da Igreja? E se a Igreja que Jesus Cristo queria criar não tivesse um papa?

Quando a jovem arqueóloga Afdera Brooks acode ao leito de morte da sua avó, uma excêntrica milionária, coleccionadora de obras de arte, recebe como legado as pistas para chegar a uma caixa de segurança de um banco americano onde está guardado um antiquíssimo manuscrito.
Afdera empreende uma viagem por meio mundo para desentranhar o conteúdo desse misterioso documento que culminará em Veneza, o labirinto de água.
A partir do Vaticano, o maléfico cardeal Lienart fará o impossível para que a verdade que se esconde no maltratado pergaminho nunca conheça a luz do dia.

A minha opinião:
No primeiro contacto com este livro, fui seduzida pela bonita capa, o título e pela misteriosa frase "A igreja católica esconde um segredo fatal".
Depois, li a sinopse e não resisti a conhecer o seu conteúdo.
Não me desiludiu. Foi um prazer. De ler.
A destemida e determinada arqueóloga Adfera Brooks, herdeira de uma milionária e admirada marchante de antiguidades, herda um fascinante manuscrito que precisa de ser recuperado e traduzido.
Esse manuscrito é o evangelho desaparecido de Judas Iscariote, o discípulo traidor. E com o ressurgimento do mesmo, surge no seu encalço a irmandade religiosa secreta de assassinos - o Círculo Octogonal e o seu grão-mestre, o poderoso cardeal Lienfart.
Bem documentado com dados históricos, bíblicos e religiosos, bem como interessante informação sobre o Médio Oriente, é um intenso thriller bem escrito.
Muito pertinente, porque a história da religião católica exige uma mente aberta e curiosa.
Em defesa da igreja católica e da fé... um argumento que muito abrange

Sem comentários:

Enviar um comentário