domingo, 21 de agosto de 2011

A Casa do Lago

Autor: Elizabeth Edmondson
Edição: 2010, Novembro
Páginas: 456
ISBN:
Editora: Edições ASA

Sinopse:
Duas mansões inglesas.Um encontro que mudará tudo.
O Natal aproxima-se e todos os jornais londrinos falam da extraordinária vaga de frio que congelou os lagos no Norte do país. Deixando-se levar pela nostalgia, a jovem Alix Richardson abandona a cidade e regressa à mansão da família para passar a época festiva na companhia de Edwin, o seu irmão gémeo, e Perdita, a irmã mais nova. Três anos antes, Alix fugira dessa mesma casa, desesperada por se libertar da tirania da sua temível avó.Agora, ela está decidida a enfrentá-la, mas não vai ser a única a regressar: um a um, todos os membros da família Richardson e muitos dos seus amigos e conhecidos estão de volta para celebrar o Natal por entre a imensidão das montanhas e dos lagos gelados.
No entanto, por detrás da aparente calma da vida familiar, pulsam velhos rancores, paixões e segredos. No ar pairam ainda demasiadas perguntas sobre o acidente de viação que, anos antes, vitimou a sua mãe e a sua irmã mais velha. Dotada agora de uma nova maturidade, Alix está preparada para descobrir a verdade, nem que para tal tenha de desenterrar os fantasmas do passado. Uma decisão que vai mudar a vida de todos …

A minha opinião:
Um romance de época, que se passa em Dezembro de 1936. 

Uma intrincada teia com várias personagens de duas famílias vizinhas e amigas, da classe alta - os Richardson e os Grindley, que têm relacionamentos difíceis e angustiantes, marcados por tenebrosos segredos escondidos que pouco a pouco se vão revelando.
A matriarca dos Richardson, é uma personagem rancorosa e dominadora que sufoca toda a família com o seu rígido código de conduta e muitos preconceitos. 

Não foi um livro arrebatador, mas foi um livro que se lê com crescente interesse. 
A história é plausível e coerente e o ritmo dos diálogos é fluido e intenso, permitindo percepcionar o desfecho de muitos mistérios que queremos confirmar.

Li há algum tempo atrás "Uma villa em Italia" que apreciei imenso e neste livro queria reencontrar o talento da autora para criar personagens fascinantes e cheias de segredos do passado. Foi um tanto confuso no início com a apresentação e o desenvolvimento das várias personagens, mas, depois cativou-me, quando tudo começou a desenrolar-se.

Sem comentários:

Enviar um comentário