domingo, 21 de agosto de 2011

Conhecereis a Nossa Velocidade

Autor: Dave Eggers
Edição: 2011, Abril
Páginas: 440
ISBN:
Editora: Livros Quetzal

Sinopse:
Will e Hand estão carregados de dinheiro e de memórias de Jacky, um amigo deles que morreu há pouco tempo. Decidem tirar uma semana de férias e viajar à volta do mundo para doar esse dinheiro. Na verdade, não sabem por que razão o querem fazer, só sabem que tem de ser feito. Talvez tenha alguma coisa a ver com a morte de Jack - talvez só mais tarde venham a encontrar a razão. 
Mas à medida que que os seus planos vão sendo a frustrados, com permanentes reveses e mudanças incontroláveis e com a ingratidão dos que escolheram para beneficiários, Will e Hand descobrem que o mundo é infinitamente maior, mais surreal e mais excitante do que eles alguma vez tinham podido imaginar. O mundo é um sítio onde nos podemos mesmo perder.


A minha opinião:

Complicado fazer um comentário a este livro, porque intrigou-me e inquietou-me enquanto o lia.

Dois jovens de vinte e sete anos, desgarrados e perturbados após o brutal acidente de viação que matou o seu melhor amigo, decidem distribuir uma considerável quantia de dinheiro. Esse dinheiro que um deles ganhara e de que não se julgava merecedor, foi o mote para uma louca e radical viagem que os levou ao Senegal, Marrocos e Estónia.

O que eles procuravam era respostas e a razão para ultrapassar a falta de afecto e de limites com que viveram e prosseguir sem o peso dos seus conflitos e memórias e conhecer a sua velocidade. 

A maior parte deste bem escrito livro é relatos de absurdas e inusitadas situações que eles experienciaram e percepcionamos que, dependendo do nosso olhar, podemos ver o mundo por outra perspectiva.
Intenso e perturbador.

Sem comentários:

Enviar um comentário