domingo, 21 de agosto de 2011

Um Toque de Perversão

Autor: Jennifer Haymore
Edição: 2011, Março
Páginas: 360
ISBN:
Editora: Planeta

Sinopse:
Sophie, a duquesa de Calton, recomeçou por fim a viver. Após sete anos de luto pela perda do marido, Garrett, em Waterloo, casou com o melhor amigo e herdeiro, Tristan. Sophie entrega-se-lhe de corpo e alma até ao dia em que o marido regressa do continente e exige o seu título, as suas terras... e a mulher.
Agora, Sophie tem de escolher entre o primeiro e o novo amor, sabendo que, seja qual for a sua opção, esta destruirá um dos homens que adora.
Será Garrett, o seu namorado de infância, cuja perda a ia aniquilando? Ou será Tristan, o amigo querido que se tornou amante, que a apoiou nos últimos anos de luto e que lhe deu a conhecer uma paixão que ela ignorava? Enquanto os dois maridos lutam pelo seu coração, Sophie vê-se envolvida num jogo perigoso - onde as apostas não são só o amor... mas a vida e a morte.

A minha opinião:
Um sensual e picante romance de época que se lê num ápice. A fitinha para fechar o livro justifica-se pelas descrições de sexo que indubitavelmente fazem parte do romance (em qualquer época). A perversão está relacionada com as fantasias de Sophie com Tristan e Garrett. 

O regresso de Garrett, depois de ter sido dado como morto em combate, é a reviravolta na existência de Tristan e Sophie, que casaram porque ambos eram viúvos. O livro ganha interesse e a leitura torna-se empolgante com a indefinição de Sophie, que tem o amor de dois homens que se completam entre si. No meio de todo este drama emocional, um vilão dissimulado e vingativo adensa a trama. 

No final, Sophie escolhe o amor da sua vida. Mas, muito acontece até esse desfecho.

Sem comentários:

Enviar um comentário