terça-feira, 30 de agosto de 2011

A Decisão Final do Major Pettigrew

Autor: Helen Simonson
Edição: 2011, Agosto
Páginas: 400
ISBN: 978-972-26-3372-7
Editora: Civilização

Sinopse:
O Major Ernest Pettigrew não está interessado nas frivolidades do mundo moderno. Desde a morte da mulher, Nancy, que ele tenta evitar as coscuvilheiras da aldeia, o seu ganancioso filho e a cada vez mais evidente sub-urbanização do campo inglês, preferindo levar uma vida calma defendendo os valores tradicionais pelos quais as pessoas se regem há várias gerações.
Mas quando a morte do irmão desencadeia uma amizade inesperada com a Sr.ª Ali, uma viúva paquistanesa, dona da loja da aldeia, o Major é arrastado do seu mundo disciplinado e forçado a confrontar as realidades da vida no século XXI. Unidos pelo amor à literatura e pela perda dos respetivos cônjuges, o Major e a Sr.ª Ali cedo descobrem que a sua amizade se está a transformar em algo mais profundo. Mas, embora o Major tenha nascido em Lahore e a Sr.ª Ali em Cambridge, a sociedade da aldeia insiste em considera-lo, a ele, como um verdadeiro inglês e a ela como uma permanente estrangeira. O Major sempre teve um orgulho especial na sua aldeia, mas como irão os caóticos acontecimentos recentes afectar a sua relação com o local que ele considera o seu lar?
Escrito com uma percepção aguda e um encantador sentido de humor, este livro é uma história de amor enternecedora com um inesquecível elenco de personagens, e questiona o que cada um deve sacrificar da sua felicidade pessoal a favor das obrigações familiares e dos valores tradicionais.

A minha opinião:
Encantador - talvez seja o adjectivo que melhor se adequa para caracterizar este romance. 

Um maduro e sarcástico major que sempre organizou a sua vida com compostura e decoro numa preconceituosa e tacanha vila provinciana inglesa, sofre uma reviravolta inesperada quando se aproxima e encanta por uma mulher culturalmente distinta. Toda a comunidade e famílias tem um papel activo no desenrolar dos acontecimentos que nos fazem reflectir nos valores e personalidades dominantes. 

Uma interessante análise de várias personagens. E como numa sociedade marcada pelo consumismo, imagem ou até mesmo títulos "rótulos" que granjeiam prestigio e insuflam o ego, se distanciam de valores ou condutas mais éticas e equilibradas. 

Irónico e sarcástico este romance não é uma leitura fácil ou fluída por ser pautada com muitas descricões. Suponho que a autora pretenda contextualizar bem as acções e que o leitor aprecie as caricatas ou dramáticas peripécias. Não foi o romance que mais apreciei este ano mas tem o seu mérito e deve ser apreciado com serenidade e disponibilidade.

Sem comentários:

Enviar um comentário